Arroz brasileiro: expectativa de gerar US$ 4 milhões em negócios em feira em Miami

Brasil quer exportar arroz para o México

A abertura das exportações de arroz beneficiado do Brasil para o México esteve em pauta recentemente, em São Paulo. Na oportunidade, uma delegação de empresários mexicanos encontrou-se com representantes do setor arrozeiro do Brasil, com a participação de Diogo Thomé, da Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz). Atualmente, a possibilidade de o México começar a importar o cereal do Brasil está em fase de análise técnica pelas autoridades fitossanitárias do país.

Diogo explica que desde 2013 a Abiarroz vem trabalhando a abertura desse mercado, fornecendo laudos, relatórios e atendendo às solicitações das autoridades mexicanas. A reunião em São Paulo, disse, foi mais um passo neste processo. “Estamos atentos a todos os movimentos e encerramos o encontro com boas perspectivas. O Brasil tem uma indústria de grande relevância e excelente reputação no cenário internacional e isso foi colocado em detalhes para a comitiva mexicana”, destacou.

Thomé conversou com o chefe do Departamento de Medidas Fitossanitárias do Ministério da Agricultura do México, Neftali Reyes Carranza, que está à frente do processo de abertura do arroz brasileiro no território mexicano, e com Cristobal Negreto Delgado, do Escritório de Inspeção de Saúde de Veracruz.

Além do arroz, o grupo avaliou possibilidade de importação de soja e milho. A comitiva mexicana esteve no Brasil a convite do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Atualmente, o México importa 930 mil toneladas de arroz por ano, o que comprova o bom potencial do mercado mexicano. Por ano, o Brasil – maior produtor de arroz fora da Ásia –  exporta em média este mesmo volume.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *